Já pensou dar um trato no visual enquanto aguarda o próximo voo ou esperar por ele confortavelmente em uma cama, depois de um banho e um jantar bem servido, sem ao menos sair da área de embarque? Isso tudo é possível em uma sala vip!

Na maioria das vezes, esses benefícios são oferecidos pela companhia aérea, mas há também aeroportos com salas vips independentes.

Porém, não basta comprar um bilhete aéreo para ter acesso a todo esse privilégio. Saiba quem pode usufruir dele, o que fazer para ter acesso e o que é possível encontrar nesses ambientes.

As regalias oferecidas na sala vip

Tomadas e wi-fi

Foi-se o tempo em que nossas primeiras necessidades em viagens eram comida e bebida. Tomadas e wi-fi certamente estão em primeiríssimo lugar. Infelizmente, as áreas comuns dos aeroportos ainda não estão preparadas para a enxurrada de pessoas ávidas por recarregar seus equipamentos.

Por isso, as salas vips nos aeroportos são um alívio para aqueles que precisam de um sinal de wi-fi que realmente funcione e de energia para as suas baterias.

Comida e bebida

A oferta de comida e bebida dependerá bastante da categoria da sala vip. Há algumas mais básicas, que oferecem lanches e drinques à vontade, e outras que têm até garçom para servir buffet completo nas três refeições principais.

Descanso e conforto

A sala vip de um aeroporto ou companhia aérea tem como premissa oferecer conforto e privacidade para os passageiros mais especiais. Todas são bem servidas de poltronas, mesas, duchas para banho, toalhas, chinelos, secador e até camas para garantir um sono bom, embora grande parte não funcione durante a noite.

Os serviços incluem massagens, spa, cabeleireiro, barbearia e manicure.

Diversão e trabalho

Muitos desses espaços contam com uma área para as crianças. Com brinquedos, jogos, fraldário e livros, os espaços kids dão conta de distrair e entreter a meninada enquanto esperam para embarcar.

Mas não são só os pequenos que se distraem. Para os adultos, há jornais, revistas, filmes e computadores. E para aqueles que viajam a negócios, também existem salas de reuniões com direito a lousa digital, videoconferência, projetor e serviços de telefonia.

Quem pode usar?

Tantos benefícios assim dão até vontade de pagar por um bilhete executivo ou first class só para desfrutar dessas comodidades, não é? Mas essa não é a única forma de dar um upgrade no seu chá de cadeira nos aeroportos. Veja quem mais pode usar as salas vips:

Portadores de cartões de crédito

Essa é a forma “gratuita” de ter acesso a uma sala vip no aeroporto. Visa Platinum e Infinite, Diners Club International Exclusive e American Express Gold Card ou Platinum Card são exemplos de cartões que dão esse direito.

Essa vantagem se chama Priority Pass e somente bancos como Santander, HSBC e Porto Seguro a disponibilizam.

Afiliados de programas de milhagem

Quando o passageiro frequente já escalou muitos degraus nos programas de fidelidade das empresas de aviação, ele também é um forte candidato a ter acesso às salas vips.

Membros de um clube de lounges

Se você não se encaixa em nenhum dos perfis acima, pode fazer parte de um clube de lounges. Como o próprio nome já diz, você paga uma anuidade que permite frequentar, ilimitada ou limitadamente, a depender do plano, salas vips no mundo inteiro. O valor varia de 99 a 399 dólares.

Clientes Day Pass

Há ainda a possibilidade de comprar um Day Pass para usufruir desses serviços por apenas um dia, o que é muito válido para matar a sua curiosidade ou avaliar se vale a pena investir a longo prazo. No Brasil, o acesso à sala vip custa, em média, R$ 150.

E você, já passou por alguma sala vip no Brasil ou no exterior? Quais foram as suas impressões? Deixe o seu comentário!