As viagens são parte importante das nossas vidas. É por meio delas que conhecemos lugares fabulosos, vivenciamos experiências incríveis ou até fechamos grandes negócios. E tudo isso fica muito mais intenso e proveitoso quando contamos com uma agência de turismo parceira.

Sejam viagens corporativas ou de lazer, quando o processo é intermediado por especialistas fica fácil pagar mais barato e conseguir oportunidades a que, sozinho, você não teria acesso.

Um dos segredos das agências de viagens está no fato de que elas negociam em volume e contam com parcerias excelentes com companhias aéreas, redes de hotéis, restaurantes e setores do turismo. O resultado é a redução de custos e viagens extremamente produtivas e inesquecíveis.

Ainda assim, com o mercado crescente, nem sempre todas as empresas são sérias e comprometidas. Veja, então, neste post 4 dicas para escolher uma agência de turismo parceira!

1. Prefira uma agência com nicho de mercado

Quando falamos em nicho no mundo dos negócios, estamos nos referindo à experiência e especialização. Em outras palavras, contrate uma agência que tenha know-how na área.

Se os colaboradores da sua empresa se deslocam frequentemente entre o eixo Rio-São Paulo, por exemplo, porque insistir em comprar passagens diretamente com as companhias aéreas se uma agência especializa em viagens corporativas pode lhe oferecer suporte nas transações e fechar pacotes muito mais baratos?

Ou, se você quer ir a Madrid, é melhor não perder tempo com horas e horas de pesquisa aleatórias sobre a Espanha. Uma agência com anos de mercado e boas referências terá soluções perfeitas para os seus interesses, e pode ser responsável pelas melhores férias da sua vida.

Enfim, quanto mais especializada, melhores são as possibilidades.

2. Analise a eficácia da comunicação

A regra é simples: abra mão de todas aquelas agências que demoram a lhe responder e-mails ou que não retornam as suas ligações.

Se você tem problemas de comunicação antes de sair de casa, imagine quando estiver viajando! Será que vão lhe atender? Em caso de uma emergência, serão ágeis? Logo, contrate as agências de turismo que mantêm os canais de comunicação sempre acessíveis.

E isso vale para tudo: atendimento via telefone, presencial ou até virtual. Verifique como a empresa se porta no seu site e nas redes sociais, e se ela responde a todos os questionamentos.

3. Busque referências

A internet é um dos melhores canais para avaliar o posicionamento de uma empresa no mercado. E, com as agências de turismo não é diferente.

Pesquise por referências, depoimentos e feedbacks da organização. Sites como ‘Reclame Aqui’ ou depoimentos em fóruns ou blogs especializados também podem lhe auxiliar a fugir de agências picaretas.

Em casos de viagens mais demoradas e que precisam de assistência a longo prazo, como intercâmbio estudantil ou profissional, é válido entrar em contato com clientes que pagaram pelo serviço para saber como foi a experiência real e se houve falhas graves.

4. Escolha serviços diferenciados

Uma das melhores vantagens de mercados competitivos é ter mais opções disponíveis para os clientes escolherem. Por isso, ao buscar uma agência de turismo, opte por aquela que ofereça serviços diferenciados das demais.

Atendimento remoto aos finais de semana e feriados, possibilidade de check-in tardio ou antecipado, transfer com Wi-Fi entre outras comodidades podem ser determinantes para você fechar o pacote. E não esqueça de ler bem o contrato para verificar todos os seus direitos e deveres!

E aí, gostou do post? Já viajou com uma agência de turismo? Então entre em contato com a CwTour e otimize as suas trips!